Sexta, 10 de Julho de 2020
11964110902
Empregos Empregos

Líder, NÃO ATRAPALHE sua equipe em home office:

Texto de Antonio Carlos Rodgrs

14/04/2020 14h24 Atualizada há 3 meses
654
Por: Redação Fonte: Rede de Gestores de RH
Líder, NÃO ATRAPALHE sua equipe em home office:

1. Faça o mínimo de reuniões. Deixo-os produzir. As reuniões devem, mais do que nunca, ter pauta enviada antes para preparação e tempo limitado. O tempo se tornou um bem muito precioso;

 

2. Reduza os e-mails. Deixe-os trabalhar. O excesso de e-mails de controle e de orientações vazias ocuparão um tempo precioso;

 

3. Confie em suas equipes. Deixe sua insegurança longe deles. Se você não conseguiu preparar uma equipe confiável quando estavam ao seu lado, não será à distância, em meio à crise, que conseguirá isso. Preparar uma equipe para ser independente é o grande ensinamento do momento;

 

4. Diminua as mensagens no whats app. Deixe-os aproveitar o tempo com coisas muito importantes.  Use a ferramenta com cautela pois, ao ler sua mensagem, a tendência é que leiam todas as que chegaram e perderão foco e tempo;

 

5. Só solicite relatórios estratégicos. Livre-os dos relatórios que só você acha importantes. Depois da crise, elimine definitivamente esses relatórios desnecessários. Você pode viver sem eles;

 

6. Tenha suas tarefas. Ajude-os nas atividades mais difíceis, assumam mais tarefas operacionais que possam se perder à distância. Na guerra todos pegam em armas;

 

7. Deixe-os descansar. Respeite o horário de entrada e saída e, sobretudo o horário de almoço de sua equipe. Cobre deles o descanso e não somente o trabalho;

 

8. Faça gestão por resultados. Aprenda agora e pratique para sempre, dando adeus ao controle de horário e de tarefas. 

 

Fazendo isso você aumenta a FELICIDADE da equipe e, felicidade, traz consigo, alta PRODUTIVIDADE.

 

Finalmente, lembre-se, se o líder é inseguro e não confia na equipe o problema está nele próprio. Procure uma mentoria.

 

ANTONIO CARLOS RODGRS é Administrador de Empresas, Filósofo  e Teólogo. Pós-graduado em Gestão de Negócios e com vasta experiência na área de recursos humanos, tendo dirigido a área em grandes organizações hoteleiras, hospitalares, de serviços e varejistas. 

Professor na pós-graduação de Hotelaria Hospitalar, no Instituto de Estudo e Pesquisa do Hospital Albert Einstein, na cadeira de Ética e Gestão de Pessoas. 

Mentor de Executivos e Mentor de Carreiras

Ele1 - Criar site de notícias